sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Passe adiante.

Fazer bem ao outro não é um favor e nem precisa de agradecimento( o que não deixa de ser válido e não custa nada), é obrigação. Discorda? Você deve ser mais um que não aceita a frase "Não estamos nessa vida a passeio".

Um dia você vai embora, não só no sentido fim dessa vida, mas não vai estar com as mesmas pessoas com as quais você costumava se relacionar. O que elas vão sentir quando você não se fizer mais presente? Elas virem e mexe lembraram de bons momentos que passaram? Vão ter aquela saudade apertando no peito e uma vontade te ligar e pedir pra te ver? Ou você simplesmente não deixou nada de valor que deixasse sua marca?
Deixemos nosso lado egoísta e essa mania de só proporcionar a nossa felicidade, nossos objetivos, nossas satisfações pessoais e deixar o que temos por dentro ultrapassar pelos nossos poros e tocar o outro. E mexer com a estrutura e convicções alheias. Fazer pensar, amar, se doar, evoluir, construir e assim seguir em uma corrente onde se formam pessoas melhores.
A gente sempre espera que alguém venha e nos traga um bem enorme. Será que não tem alguém nos esperando?
Comece e repasse.

4 comentários:

dinhaf disse...

Sabias Palavras...
melhor dar que receber...

o ser humano por si só é muito egoista, mas não sabe o quão gratificante é o quão bem faz em se doar um pouco para o proximo...

:)

Camilla Lourenço disse...

Eu sempre pensei no melhor pro outro, nunca esperando algo em troca.
Mas mesmo não esperando, o algo em troca nunca veio. E hoje eu penso se realmente vale a pena.

beijos

Fê Defanti disse...

Ola, gostei muito dos teus postes. Tenho um blog, o Portal Blog, onde posto blogs e postagens interessantes. Está novo ainda, mas irá dar certo. Te peço permissão para postar matérias suas, com o devido blog, é claro. Se concorda, me dê um sim aqui mesmo. E algumas postagens suas estarão lá tbm. Abraço.

Maria Luíza. disse...

Sempre disse que teux texto são como conselhos!
E nunca me enganei!
Que sauuudade de tudo isso aqui! :)

Prometo não sumi mais.