segunda-feira, 1 de março de 2010

Escolha o seu jogador.

Coração é um ser carente. Sim ele é um ser. Já deixou de ser orgão desde que você completou sete anos e se apaixonou pelo seu amiguinho de classe. Ele tem vontades próprias, se alimenta, tem sede, se exercita e tudo mais.


As vezes eu acho que ele não tem critério, sai atirando por aí até encontrar alguém que lhe dê o mínimo de atenção e pronto. Ele cai. Mas te leva junto. E se prende na armadilha por inteiro. Se joga mesmo. Tem medo de ficar vazio outra vez. Ele não se sente ninguém quando não tá acelerando.

Ele tem um ótimo artíficio. Sabe manipular como ninguém. Faz tudo na base da chantagem e sempre sai ganhando. Quem a Dona Razão ao seu lado? Ás vezes ela é o melhor caminho, mas nunca é o mais bonito. O coração vence por sua beleza, seu carinho e sua forma de nos mostar que "ninguém é feliz sozinho".

Entretanto, ele tem a fama de levar as pessoas para um lugar inicialmente doce, mas que ao seu fim se torna amargo.Só que é fácil por a culpa em quem nem sabe falar direito.Vai deixar mesmo de viver toda a emoção? Vai deixar de ter friozinho na barriga? Vai largar de mão o cinema a dois? Vai mesmo deixar que tenha uma mão em cima de você? O jogo da vida é e seu, mas o coração ainda é um ótimo guia.

4 comentários:

Little Ann disse...

Penso que esse "ser" tem critérios sim e só atira quando algum outro ser se encaixa nesses critérios. Ele não consegue mesmo ficar sozinho, tem a necessidade de estar preenchido pensando e suspirando um outro coração, quem sabe. Não consegue andar por si só.
Os fins a que este pode nos levar podem ser amargos sim como também doces mas o que vale mesmo e ir até o limite e descobrir se valeu ou não a pena.
Não vamos deixar de experimentar com receio de sentir o azedo ou o amargo da vida, "vamos nos permitir" sempre!!

Beijos!:*

Mendigo disse...

oi ^^

bebe disco disse...

adorei o post "sijoga"
qm tem mto medo nem vive!

Gabriela disse...

que post bonito, me identifiquei!