terça-feira, 16 de março de 2010

Love Generation ?!?!?

Sinceramente acho que a música foi lançada no tempo errado. A geração do amor é AGORA! Corações apaixonados resolveram se unir numa frequência que me assustou.. Ou será que foi a carência que fez a ligação? Casos e casos, cada um que cuide do seu e seja feliz. Fim.



Pera aí. E quanto a nós livres e desempedidos? Temos que ficar em casa trancados, nos enchendo de chocolate, nos achando as piores coisas do mundo e chorando baldes só porque não temos alguém pra chamar de seu? Mas é claro que não! Porém, é isso que o filme da sessão da tarde quer, que algumas pessoas querem e que as empresas de guloseimas desejam. Vem cá, quem é que decide mesmo? VO-CÊ! "Levanta, sacode, balança, não pode parar." Entendeu?

Eu sempre digo isso aqui e vou me repetir. Tem tanta vida lá fora e tanta coisa boa dentro de você . Pra que ficar se lamentando tanto? Você, só VOCÊ que pode se permitir ser feliz. Não depende de um outro, de um X e nem de um também.

E eu sei e entendo que, ver filme juntinho é bom, que beijos no pescoço são uma delícia, um abraço, sussurros no ouvido, aquele carinho todo é lindo. E que você quer pra agora, já. O amor não anda a jato, ele vem a pé mesmo, devagarinho, tímido e vai se acomodando até tomar conta de tudo de vez. Acredite, ele vem, mas ele chega pontualmente, quando tava marcado de vir. Não apresse.

Vai deixar de se divertir, ter experiências, escrever histórias, porque? Não deixe a coisa mais preciosa que você possui ir pro ralo assim. Arregasse a manga, pegue seus tijolinhos e mãos a obra. Vai, construa a sua felicidade, ou vai esperar que alguém faça por você?



[Dona Fellicidade usa relógio]

Um comentário:

May (Mayara Oliveira) disse...

brigada amor, seus textos tmabém são maravilhosos, sempre leio e me surpreendo!