sexta-feira, 20 de maio de 2016

Cutucando o machucado

Sabe quando acontece algum ruim na sua vida, você tentar lidar com isso e chega um momento que você acha que tá “ok’ e guarda tudo dentro de uma gaveta pra não remexer mais?

Aí durante a vida sempre chega um outro pra te fazer reviver aquilo, mas até aí dói um pouquinho, mas tá lá paradinho ainda.

Pode ser que aconteça que você reviva fortemente aquele sentimento por uma outra experiência ruim, e sabe Deus a necessidade disso. Mas aí o que talvez pudesse ser menos dolorido acaba sendo mais profundo.

E pra aquietar uma turbulência no peito só com muito amor e compreensão, porque não há mal que não possa ser remediado, quando se deseja e se percebe a vontade em mudar.

Não existe regras nessa vida do tipo revista da Capricho que ensina em 10 passos como lidar com tal situação. O que existe é você conhecer quem é, o que quer e o pode fazer pra conseguir isso.

Ter certeza da posição faz os passos serem guiados apenas pra uma direção e o mundo conspira pra te estimular em suas conquistas. 

Nenhum comentário: