sábado, 21 de maio de 2011

Eterna mudança

Tô me dando um tempo. Pra me organizar, cuidar de mim, me restabelecer, ajudar aos meus próximos, me aprimorando. Me afastei de muitos, de muita coisa que já não faz mais tanto sentido. Tudo isso pra errar menos e poder futuramente olha pra trás e não doer. O tempo passa e não perdoa. E o que eu tenho feito? O que você tem feito? A gente vai indo com a correnteza e deixa tanta coisa passar. Se preocupando com coisas pequenas e esquecendo das mais importantes.
Não fiz ainda grandes mudanças, tô só engatinhando. Mas não tô parada. Tô descartando o que me prejudica, deixando de lado o que já não faz tão bem, me aproximando de quem também tá disposto, tentando amar mais, trocar sentimentos ruins pelos bons. Cansada de carregar pesos que eu mesmo criei. Quero que a vida esteja mais leve não só pra mim, mas pra aqueles que me rodeiam também, afinal estamos nessa vida juntos. Quero parar com essas conjugações em primeira pessoa. Eu não sou ninguém sozinha e acredito que ninguém também seja.
Nessa longa caminhada, que não é fácil e que não vai ser facilitada, mas não tô só, tenho esperança e quero muito que seja cada vez melhor. Quem quer consegue, não é mesmo?

2 comentários:

Evelyn Colaço . disse...

Cuidar é sempre bom. As vezes é bom se afastar das coisas que não fazem mais sentido, sentir um pouco da leveza da liberdade. É bom mudar, faz parte é necessário, é essêncial.
E como já dizia Renanto Russo: ''Quem acredita sempre alcansa!''.

eu adoro sempre que vejo atualizações nesse cantinho que tanto aprecio!
Bjs Querida Gabby

F. disse...

ser o melhor pra fazer, pra se fazer melhor pro mundo.

boa sorte, lindeza *: